Android em netbook

Android é o sistema operacional aberto que a Google está desenvolvendo para tentar dominar o mercado de dispositivos móveis. Netbooks são máquinas ultra-portáteis que estão ganhando mais e mais presença no mercado de notebooks. Android e netbooks foram dois protagonistas do mercado de computação móvel em 2008.

Desde o final de 2008 surgiam especulações sobre a possível utilização do Android em netbooks. Em dezembro, a Qualcomm, mesma empresa que criou o G1, apresentou (mas ainda não lançou comercialmente) o SnapDragon, um netbook que não tem touchpad, e tem tela girável, como a dos tablets; já que os Linux, sistema operacional da maioria dos netbooks, ainda são pouco adaptados para reconhecimento de toques, fortaleceu-se a hipótese de que esse novo netbook poderia rodar o Android.

E nesse início de 2009, dois colunistas da VentureBeat mostraram que conseguiram de fato recompilar o Android para rodá-lo num netbook; a máquina era um Asus Eee PC 1000H.

Isso significa que os preços dos netbooks podem baixar ainda mais, mas não apenas isso. Significa que a Google e seu gigantismo estão chegando ao mercado de notebooks; algum dia, as centenas de milhões de usuários da Google poderão ler: “Você tem um notebook? Clique aqui e conheça o Android”.

Pesquisa personalizada

2 Responses to “Android em netbook”

  1. Quanto mais caminhamos para o futuro, mais fica evidente que os sistemas operacionais estão deixando de ser importantes. O sistema agora é a internet e pouco importa qual é a plataforma que está rodando o navegador. Isso explica a popularização dos netbooks, que além de serem extremamente portáteis foram feitos especialmente para acessar a internet.
    Com esse passo do Google em criar um sistema de código aberto para os portáteis estamos cada vez mais próximos de termos a internet como sistema padrão.

    E que venha o futuro!!!

    http://www.misternote.com.br

  2. Antonio,
    Concordo com você.
    Uma coisa é os fabricantes de celulares tentarem popularizar o Android; além do alcance restrito, muitas dessas marcas não têm simpatia dos usuários.
    Outra coisa é a Google empurrar o Android. Ao longo dos anos, a Google ganhou confiança e renome por fornecer aplicativos gratuitos e funcionais. Uma oferta da Google teria uma receptividade muito maior.
    Abç,

Leave a Reply