Asus Eee PC como brinde

À época em que a telefonia celular foi instalada no Brasil, havia poucos modelos de aparelhos à venda, custavam caro e eram, vistos hoje, obsoletos; mesmo assim, os consumidores os compravam com avidez. Com o passar do tempo, o mercado de aparelhos se expandiu, a oferta cresceu, e os usuários passaram a se importar muito mais com os serviços prestados do que com os aparelhos utilizados; freqüentemente, o aparelho é dado como brinde, como forma de fidelizar usuários aos serviços.

Algo similar provavelmente ocorrerá no mercado de sub-notebooks ultra-portáteis, os netbooks.

O Asus Eee PC foi lançado há menos de um ano e se tornou o padrão de mercado; a cada poucas semanas, é lançado um novo ultra-portátil, e a comparação inevitável é “uma máquina semelhante ao Asus Eee PC”. Tal qual ocorreu outrora com os celulares, a competição acirrada derrubará os preços e as margens de lucros; vender um Eee será pouco interessante para pequenos varejistas.

O que acontecerá com o mercado de Eees? O mesmo que aconteceu com o mercado de celulares. Algumas grandes empresas compram grandes lotes de máquinas a preços reduzidos e as utilizam como chamariz para a venda de outros serviços (esses sim, que agregam valor e trazem lucros).

Exemplos? A Power Up Mobile, operadora de celular da Inglaterra, já oferece Eees como brinde para quem assinar contratos de dois anos, e o Royal Bank do Canadá dá Eees para novos clientes.

É questão de tempo até que a Tim ou a Claro ofereçam a maquininha para os clientes de seus (ainda caros) serviços 3G.

Pesquisa personalizada

One Response to “Asus Eee PC como brinde”

  1. This is an article that makes you think “never tuhgoht of that!”

Leave a Reply