Celulares e smartphones com o Android, da Google

Durante o Mobile World Congress (congresso focado em tecnologia e comunicação móvel), alguns fabricantes revelaram estar na iminência de lançar dispositivos (celulares e smartphones) utilizando o Android; por exemplo, nessa reportagem, tanto a coreana LG como a alemã T-Mobile informam que planejam lançar aparelhos rodando Android ainda esse ano.

O que é o Android? Que diferença ele fará?

Primeiro, é preciso entender que os celulares e smartphones são na verdade pequenos computadores, com periféricos específicos; enquanto usuários de notebooks e desktops interagem com essas máquinas por meio principalmente de mouses, monitores, cabos de rede, etc, os usuários de celulares e smartphones interagem por meio de outros periféricos, como o teclado, o alto-falante e a antena.

Como os celulares são computadores, eles utilizam também micro-processador-celulares.jpgmicro-processadores, memórias e outros periféricos típicos de computadores; a foto ao lado mostra um processador de celular (ver mais detalhes em Inside a Digital Cell Phone).

E se os celulares utilizam processador, memória e periféricos, então eles precisam de um Sistema Operacional, semelhante ao Windows ou Linux (o sistema operacional é uma interface entre os aplicativos do usuário e o hardware; por exemplo, quando um aplicativo precisa utilizar a memória, ele faz uma requisição ao sistema operacional, que concederá espaço de memória ao aplicativo e monitorará sua utilização).

E aí está o problema. Até hoje, cada fabricante de celular escreve seu próprio sistema operacional, o que faz que o aparelho funcione somente de acordo com as especificações do fabricante; com isso, as operadoras (que em geral subsidiam as vendas dos aparelhos) procuram forçar os compradores dos celulares se mantenham usuários fiéis (um exemplo extremo dessa filosofia é como a Apple implementa atualizações do firmware do iPhone). Smartphones utilizam sistemas de mais alto nível, como o Windows Mobile e o Symbian, mas ambos são proprietários, o que significa que a facilidade para desenvolver e instalar aplicativos depende em grande parte das empresas que desenvolveram os sistemas (Microsoft no caso do Windows e um conjunto de empresas no caso do Symbian).

E é aí que entra o Android. O Android, baseado no sistema operaciona livre Linux, propõe-se a ser “um conjunto completo de software para dispositivos móveis, incluindo um sistema operacional, um middleware e aplicativos básicos”. O projeto é uma iniciativa da Google, que criou para esse propósito uma instituição chamada Open Hands Alliance; essa Aliança inclui diversos pesos-pesados do setor (operadoras, fabricantes, etc).

E o que o Android mudará? Com o Android, o celular será de fato um pequeno computador. Poderemos instalar um aplicativo no celular da mesma forma como instalamos hoje no notebook. Programadores poderão criar aplicativos que supram necessidades específicas (a Google provê um SDK para o Android, ou seja, um kit de ajuda para programadores). Mudar de uma operadora para outra requererá pouco mais do que mudar um arquivo.

E o que a Google ganha com isso? Além da fama de mocinho que briga em prol dos oprimidos contra a poderosa indústria da telefonia celular, ganha (ainda mais) espaço para publicidade.

Pesquisa personalizada

3 Responses to “Celulares e smartphones com o Android, da Google”

  1. Unquestionably imagine that which you said. Your favorite reason seemed to be on the net the simplest thing to take note of. I say to you, I certainly get annoyed while folks think about worries that they just don’t understand about. You managed to hit the nail upon the top as well as defined out the whole thing with no need side-effects , folks could take a signal. Will likely be back to get more. Thanks

  2. Thank you for every other informative site. Where else could I get that type of info written in such an ideal method? I have a challenge that I am simply now running on, and I’ve been on the glance out for such info.

  3. Hola estoy encantada de visitar vuestra página me parece super buena.

    Yo soy una colegial universitaria que me encanta el
    desarrollo web, el boceto y sobre todo la creación de aplicaciones de juegos para móviles.

    Me gusta mucho vuestra página me parece super interesante.

    Os felicito por vuestra web, soy desde hoy una admiradora vuestra.

    Hola me ha gustado mucho tu articulo
    Es emocionante, buena advertencia la que he encontrado.

    Muchos besitos.
    Por fin alguien que me lo ha explicado para que yo lo
    puede comprender. Estoy demasiado contenta.
    Grande, que contenta estoy, es lo mas. Gracias.

Leave a Reply