Netbooks com Ion

Netbooks foram projetados para serem portáteis e baratos (leia aqui a história do primeiro netbook), e não para serem rápidos e eficientes; não por acaso, o processador da maioria dos netbooks é um Intel Atom, que, segundo a própria Intel, foi projetado tendo como prioridade o baixo consumo, e não o alto desempenho.

Hoje, as opções são: quem precisa de uma máquina portátil e de preço acessível, mas se conforma com baixo desempenho, compra um dos diversos netbooks do mercado, como um Acer One (líder do mercado global) ou um Positivo Mobo (líder do mercado nacional); quem precisa de portabilidade e alto desempenho, terá que desembolsar um bom dinheiro por um notebook como um Sony Vaio ou um MacBook.

Para suprir essa lacuna no mercado, a NVidia e a Intel anunciaram o Ion. Resumidamente falando, os projetistas conseguiram fazer com que o chipset GeForce 9400 conversasse com o Intel Atom, e nomearam essa nova plataforma de Ion. O GeForce é muito mais poderoso do que o chipset Intel 945, que equipa os atuais netbooks (veja diagrama do GeForce 9400 na figura acima). Isso significa, segundo o Gizmodo, que netbooks com o Ion processarão gráficos com velocidade cinco vezes mais alta que os atuais.

Isso significa que em breve poderemos ter um netbook do tamanho de um Acer One com o desempenho de um Acer Ferrari. Como mostrou o meiobit, já foi lançado um protótipo de demonstração para uso em desktops. E a Acer já anunciou que lançará um netbook com Ion no segundo semestre de 2009.

Enquanto isso, no Brasil ainda se vendem Eee PC 701.

Pesquisa personalizada

3 Responses to “Netbooks com Ion”

  1. Vamos aguardar e ver como ficará o desempenho destes Netbooks, pois realmente os modelos de hoje são bem lento, mesmo sendo a finalidade a sua portabilidade e não o desempenho.

  2. Acho q o grande numero de vendas dos netbooks está criando um novo mercado que é dos pequenos mais potentes notebooks, multifunções, assim o termo netbook não seria correto nesses notes.
    O que importa então nesse momento seria o tamanho com performance e não mais itens de uso básico e suficiente.

  3. Sou usuário e notebooks já fazem uns 10 anos e não tenho muito problema com eles… mas uma coisa é certa, a bateria tem que durar… sem isso você só tem um desktop móvel

Leave a Reply