Notebooks Site

Peso e tamanho de notebooks - comparações

«Notebooks
«Guia de compra de Notebooks

A vantagem mais evidente de um notebook é sua portabilidade, ou seja, é possível levar um notebook (e seus aplicativos e dados) para locais em que se faça necessário; embora seja também possível transportar um desktop, isso exige em geral mais esforço, espaço e planejamento.

Dois fatores definem a portabilidade: dimensões e peso.

O computador tem três dimensões: comprimento, largura e espessura. O comprimento e largura estão vinculados ao tamanho do display de que se necessita (ver classes de notebooks mais abaixo).
A espessura pode ser reduzida por meio de utilização de displays mais finos e da maior compactação de componentes; em geral, pequenos avanços requerem altos investimentos tecnológicos. Isso significa que comprar uma máquina com 1 mm a menos de espessura pode custar algumas centenas de dólares mais caro.

Um peso menor pode ser obtido pela utilização de material mais leve, tanto no gabinete como nos componentes. Modelos modernos são produzidos em fibras de carbono, que são ao mesmo tempo leves e resistentes.
A bateria, em geral, tem peso considerável no conjunto; é conveniente avaliar se uma diminuição de alguns gramas no peso total não foi obtido pelo sacrifício de diversos minutos de autonomia.
Leve em conta também o peso e o espaço requeridos pelos acessórios. Itens como bateria extra, drives de disco externo, cabos, placas externas, etc não apenas aumentam o peso como, por seu formato, podem requerer uma bolsa extra.

Conforme as dimensões, os notebooks podem ser divididos em ultra-portáteis, portáteis e substitutos de desktops.

Notebooks ultra-portáteis

Alguns profissionais trabalham permanentemente em trânsito, e precisam portar outros materiais além do laptop; é o caso, por exemplo, de agentes de vendas (que utilizam os notebooks para exibir produtos aos clientes e, se for o caso, acessar a rede da empresa para informar o andamento das transações), engenheiros de campo (que acessam dados onde quer que se encontrem, como uma mina ou uma plataforma de petróleo), etc.
Esse tipo de usuário pode se aproveitar das chamadas máquinas ultra-portáteis. Essa classe de notebooks tem como principal característica o tamanho reduzido de display (em geral o tamanho é de 11 ou 12 polegadas), que diminui o gabinete e as dimensões gerais da máquina; ademais, os fabricantes costumam fazer um esforço especial para que as baterias (e as respectivas fontes) sejam de peso e dimensões reduzidas, com autonomia relativamente maior.

Esse esforço tecnológico para colocar a mesma capacidade de processamento em um espaço menor e mais leve em geral resulta num preço maior; máquinas ultra-portáteis em geral custam mais caro do que as equivalentes de maior dimensão.
Ademais, nem todas as empresas têm capital tecnológico para se fazer respeitar nesse setor. Das que atuam no Brasil, a Sony é a mais conceituada, com sua linha Sony Vaio.

Notebooks portáteis

O nome é redundante, refere-se às máquinas que não se encaixam nas outras categorias.
É aqui que a maioria dos notebooks se encaixa: o notebook é projetado para ser transportado conforme as necessidades do usuário, mas não há preocupação especial em reduzir seu peso ou suas dimensões.
A maioria dos modelos recentes tem display de 14 ou 15 polegadas, e a tendência é de estabilização. Os primeiros modelos de notebooks tinham display menor, devido ao alto custo das telas TFT; nesses modelos, observa-se que a tampa do notebook é maior do que o display, resultando em espaço perdido.
Nos modelos atuais, o tamanho do display é o limite inferior das dimensões das máquinas, ou seja, a máquina não pode ter comprimento menor do que o comprimento do display; por isso, não há muito interesse dos fabricantes em aumentar o tamanho dos displays.

Substitutos de desktops

Essa classe é chamada em inglês de desktop replacements. O propósito dessas máquinas é exatamente esse: tornar dispensável o uso de desktops; são máquinas que têm o aspecto de um notebook, mas em geral têm alta capacidade de processamento e maior peso e dimensões.
A principal característica visual é o grande display, geralmente na faixa de 21 polegadas. Como o gabinete deve ficar também maior, sobra mais espaço para os projetistas desenharem os demais componentes; nessa sobra, eles podem colocar mais recursos e de maior capacidade.
Por essas mesmas razões, esse tipo de notebook é também o preferido pelos adeptos de games: além do display maior, a folga de espaço permite a instalação de placas de vídeo maiores.
Esse aumento de recursos implica um aumento do peso do conjunto; em geral, notebooks dessa classe pesam ao redor de 7 ou 8 kg.
Como reflexo do menor esforço tecnológico necessário para o projeto dessas máquinas, o preço delas costuma estar na mesma faixa ou até mesmo abaixo dos notebooks portáteis, para máquinas de especificações comparáveis (mesmo processador, mesma quantidade de memória, etc).

Volta ao topo